01
Dez 09

 

 

Professor: O que devo fazer para repartir 11 batatas por 7 pessoas?
Aluno: Puré de batata, senhor professor!·



O professor ao ensinar os verbos:
- Se és tu a cantar, dizes: "eu canto". Ora bem, se é o teu irmão que
canta, como é que dizes?
Aluno:

- Cala a boca, Alberto.·



- "Stora", alguém pode ser castigado por uma coisa que não fez?
- Não.
- Fixe. É que eu não fiz os trabalhos de casa.·



- Joaquim, diga o presente do indicativo do verbo caminhar.
- Eu caminho... tu caminhas... ele caminha...
- Mais depressa!
- Nós corremos, vós correis, eles correm!



Professor:
Chovia que tempo é?
Aluno:
É tempo muito mau, senhor professor.



Professor: De onde vem a electricidade?
Aluno: Do Jardim Zoológico!
Professor: Do Jardim Zoológico?
Aluno: Pois! O meu pai, quando falta a luz em casa, diz sempre: "Aqueles camelos...".



Professor: Quantos corações temos nós?
Aluno: Dois, senhor professor.
Professor: Dois!?
Aluno: Sim, o meu e o seu!



Dois alunos chegam tarde à escola e justificam-se:
- 1º Aluno: Acordei tarde, senhor professor! Sonhei que fui à Polinésia e demorou muito a viagem.
- 2º Aluno: E eu fui esperá-lo ao aeroporto!



Professor: Pode dizer-me o nome de cinco coisas que contenham leite?
Aluno: Sim, senhor professor. Um queijo e quatro vacas.



Um aluno de Direito a fazer um exame oral:
O que é uma fraude?
Responde o aluno: É o que o Sr. Professor está a fazer.
O professor muito indignado:
Ora essa, explique-se...
Diz o aluno: Segundo o Código Penal comete fraude todo aquele que se aproveita da ignorância do outro para o prejudicar!



PROFESSORA:
Maria, aponta no mapa onde fica a América do Norte.
MARIA:
Aqui está.
PROFESSORA:
Correcto. Agora turma, quem descobriu a América?
TURMA:
A Maria.



PROFESSORA:
João, menciona uma coisa importante que exista hoje e quenão havia há 10 anos atrás.
JOÃO:
Eu!



PROFESSORA:
Francisco, porque é que andas sempre tão sujo?
FRANCISCO:
Bem, estou muito mais perto do chão do que a Srª. Professora.



PROFESSORA: Agora, Simão, diz-me sinceramente, rezas antes de cada refeição?
SIMÃO:
Não professora, não preciso. A minha mãe é uma boa cozinheira.



PROFESSORA:
Artur, a tua composição "O Meu Cão" é exactamente igual à do teu irmão. Copiaste-a?
SIMÃO: Não. O cão é que é o mesmo.



PROFESSORA:
Bruno, que nome se dá a uma pessoa que continua a falar, mesmo quando os outros não estão interessados?
BRUNO:
Professora

 

 

Nota: Que grandes alunos merecem um NOBEL

Participar

Participe no XptO

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais comentados
Últ. comentários
Assim até eu ia fazer desentupimentos contente kkk...
LOL, assim vale a pena ser canalizador :Djá agora,...
Gostei nuito
Gostei nuito
Situações destas não são irreais, podem sempre cau...
Pesquisar
 
blogs SAPO